AFRODESIA

Juh DePaula

Juh DePaula

Literal
Morro desde que nasci
Vivo quando alguém sorri
E quando você é alguém
Miragem
Pensei quando te vi
Nem sol havia
água faltou pra eu refletir
Nem vaga tinha
Pra costurar meu coração, nem linha
Sabor de ar
Salmodiar em sã cabeça
Não me cabe
Quero ver crescer as flores
Os filhos, dos outros
Amores
Meus pavores te encantam
Literalmente sou vasta
Somos , porque temos sido
E vir a ter é futurístico.

Juh DePaula
(http://juhdepaula.blogspot.com/)

A mulher brasileira

Mulher brasileira é guerreira
Acorda cedo pra ir trabalhar
Quando volta pra casa
não vai descansar
E ainda arranja tempo para amar
E ainda arranja tempo pra se ajeitar
Cuida do almoço, cuida do filho, cuida do cabelo
Não vai se atrasar
mas se olha no espelho
Passa baton, passa a mão na chave
e não esquece a passagem da condução
E assim ela ganha seu dia
e mata o leão
Sustenta a família e ganha seu pão
Não tem medo da vida
Inventa um destino e se realiza
ou não
Voz com firmeza
Mão com leveza
A mulher brasileira faz o país
Não sai na capa mas é o modelo
de luta pra sobreviver, pra viver,
pra ser feliz.

O dia da mulher se aproxima. É o momento para refletir sobre o papel da mulher negra na nossa sociedade e nos muitos embates que tem de enfrentar na vida. Vamos homenagear nossas mães, irmãs, filhas, amigas, companheiras… Quem não conhece uma mulher (ou várias, ou muitas) a quem se inspirar?

AFRODESIA

Juh DePaula

Vou te contar
Abri os olhos de manhã
Avistei uma figura negra e era você
Em cada detalhe havia perfeição
Havia beleza até no que em outros
Via com estranheza
Noites como aquelas deveriam ser eternas
Em um quarto contigo e comigo
Torno -me meio de nós
E você sempre soube que metade de mim
Foi levada contigo
A sós
Por isso havia me tornado peso
Contudo hoje sou mais livre
O querer ter não me agride
Já não me importo com quem tenha que lutar
Não haverá luta
Não quero que sejas meu
Desejo que inteiro estejas comigo
Mesmo que não esteja sempre
Quando estiveres sejamos parte de um infinito
Que ainda somos nós
Sejamos intensos e não tenhamos fim
Se amo-te?
Sim, amo
Porém hoje amo também a mim.

Juh DePaula.
(http://juhdepaula.blogspot.com/)

Afrodesia

Marianne Rocha

A verdade é que o amor é negro
e não! não podia ser diferente.
Percorrer o universo num dia, percorrer cada linha de expressão percebida;
percorrer o sol e me perceber lua.
Sentir o corpo e ver no outro meu avesso. Mais que o avesso, eu mesmo!
Um olhar faz toda diferença, as vezes, o silêncio vale mais que uma sentença,
e me perdoe os outros, mas pra isso não podia ser diferente.
A verdade é que o amor é negro, meu bem
É nos olhos desse outro que me reconheço!
Muito prazer, sou eu mesmo!
Não há rachaduras, e nem há como haver
É encaixe. Flor e falo.
Eu mesma, eu mesmo!

Marianne Rocha.

Afrodesia

Joana d'Arc.

TOCO NOVAMENTE

Claro, me toque…
Toque, não só provoque.
Toque e me toque.
Deixe-me tocada.
Deixe-me sentir…
Neste embalo toda a constância, toda a ganância, toda a
arrogância e principalmente…
Toda a petulância de me sentir amada.
E diante de sentimentos vários, entre as saídas
e entradas deste embalo,
Me vejo toda perfumada para…
E num resvalo ganho um toque com os dedos,
entre a língua
e os meus desejos.
Por isso… pode tocar…
Venha… toque.
Não aguarde o vento,
E não me provoque…
Você não imagina,
Ao tocar-me…
O meu toque!!!

Joana d’Arc Neves de Paula.

Blogueiras Feministas

De olho na web e no mundo.

♥ ♥ ♥

[ o corredor está cheio de sonhos difíceis ]

blog da Revista Espaço Acadêmico

Revista Espaço Acadêmico, ISSN 1519-6186 – ANO XVII - Mensal - Conselho Editorial: Ana Patrícia Pires Nalesso, Ângelo Priori, Antonio Ozaí da Silva, Carlos Serra, Celuy-Roberta Hundzinski, Eliel Machado, Elisa Zwick, Eva Paulino Bueno, Henrique Rattner (in memoriam), Josimar Priori, Luiz Alberto Vianna Moniz Bandeira (in memoriam), Paulo Cunha, Raymundo de Lima, Renato Nunes Bittencourt, Roberto Barbato Jr., Rogério Cunha de Castro, Rosângela Praxedes e Walter Praxedes. Editor: Antonio Ozaí da Silva

Mamapress

Um Olhar Afro e Indígena na Europa

CENPAH

Centro Pastoral Afro Pe. Heitor

Odara

MULHER PRETA NO PODER!

Blogueiras Negras

Pela autoestima da mulher negra.

Eu Prefiro Crespo!

Blog pra quem ama ser do jeito que é.

Loc'd Life Magazine

Loc'd Life Magazine. The place for locs on the web. Loc'd Life is your guide to care and maintenance, people with locs, products, styles and nutrition to nourish your locs from within. www.locdlife.com

SPIRITO SANTO

"Cuide dos sentidos que os sons cuidarão de si mesmos'

Boutique De Bandeaux

Thick Hair, Curly Hair, & Natural Hair Accessories!

sarety poulain

mulherzinha tricoteira agridoce!

BLOG DIVAS

Tudo o que a mulher acha indispensável e nem tão indispensável assim!

make YEAH!

Uma forma diferente de falar sobre beleza.

The Margin

Saying What Everyone is Thinking since 2009

Blog Vivi Reis

Opiniões sobre moda e tendências

Angolanas Naturais e Amigos

A casa da carapinha Angolana

Like a Whisper

Feminism, Critical Race Consciousness, Queer Politics, & Dr. Who Too?!?

versosvivos

minhas palavras e outros versos

WordPress.com

WordPress.com is the best place for your personal blog or business site.

%d blogueiros gostam disto: