A volta de quem nunca foi

Miguel e Davi, minhas riquezas.

Miguel e Davi, minhas riquezas.

Após quase 1 ano sem publicar, aqui estou eu de volta a este espaço que é dedicado à você, mulher negra, amiga e irmã. Estou de volta para continuar a partilhar conteúdos sobre o nosso universo, mas meu coração sempre permaneceu aqui. Meu afastamento teve uma razão especial: fui mãe pela segunda vez e tive que dedicar meu tempo aos meus pretinhos. Pronto! Agora minha vida está mais preenchida, mais iluminada e mais enlouquecida (pois que não é nada fácil cuidar de dois meninos pequenos), sobrando-me algumas horas da madrugada para me dedicar a este meu outro filho querido.

Pretendo trazer-lhes novidades bem legais como novas parcerias, novos musos, informações, promoções, música boa, além de trocar com vocês um bom papo sobre cabelo, maquiagem, moda e muito, muito mais.

O espaço é de vocês e estão todas (e todOs também) convidadas a marcarem presença aqui comentando, participando e compartilhando. Convidem as amigas, espalhem por aí e vamos que vamos em frente!

Anúncios

Sonzinho da semana – CORINNE BAILEY RAE

Que tal curtir uma sexta romântica ao som de Corinne Bailey Rae? Pois este ano ela lançou o “The Love EP” com regravações de famosos temas de amor de outros artistas como Prince, Paul McCartney e Bob Marley.

Corinne é uma cantora que emociona com sua voz suave e penetrante. Ela começou como muitas cantoras de soul music, cantando em coros de Igreja. Sua primeira banda foi HELEN, onde  Corinne era a vocalista e autora das letras que embalavam os hits da banda que chegou a se destacar na cidade local, dando visibilidade ao talento daquela jovem vocalista.

Depois de 10 anos, cantando com algumas componentes da banda, ou então em festas de família, Corinne já possuía material suficiente para lançar um CD. Foi então que a gravadora EMI a descobriu e decidiu apostar em seu repertório. Porém, meses antes do lançamento do álbum, a gravadora fez com que Corinne apresentasse ao público o single “Like a Star”. O retorno não poderia ser melhor. O sucesso da música lhe concedeu o prêmio “Som de 2006” da BBC, muitas capas de revista e diversas entrevistas em programas de rádio.

Em 2006 lançou seu álbum solo com influências de Jazz, música clássica e soul music. Corinne, então, se solidificou e encantou o Reino Unido com sua voz doce e suave, arrancando da crítica jornalística artigos absolutamente positivos, e aplausos do público.

A principal marca de Corinne, como cantora, é o profundo sentimento que põe nas letras de suas músicas, unido ao fantástico poder de encantar e prender o ouvinte. As músicas do Cd tem um toque de leveza, confirmado pela própria aparência angelical da cantora, mas que não foge de suas influências de black music, fazendo uma mistura de estilos sem se perder nos arranjos. A personalidade de seu trabalho se reflete em cada estrofe das letras musicais, que embora sentimentais, não pecam por excesso.

Fonte: http://djivanm7.blogspot.com/2011/04/corinne-bailey-rae-2011.html

E aí? Vamos curtir esse sonzinho?

Berimbau, a arma da feminilidade das mulheres Bantu

“Após uma terrível batalha, a deusa protectora transformou o arco do guerreiro no primeiro instrumento musical da tribo, para que a música e a paz substituíssem as armas e  guerras para sempre.”

(Mitologia Bantu-Nguni, Zulu – Africa do Sul)

Existe um facto que goza de certa autoridade, sendo que, quando se pesquisa sobre o berimbau africano, seja ele de que nome, origem, ou tamanho for, é impossível ignorar que o gênero feminino desempenha um papel extremamente considerável em relação aos arcos musicais.

A popularidade do berimbau cresceu transversalmente da arte afro-brasileira mais conhecida por Capoeira. A Capoeira, até certo ponto, era de acesso restrito a um ambiente masculino.  Significantemente, as portas foram abertas para o sexo oposto e já se conquistou bastante espaço por meios de dedicação e empenho.

Porém, as mulheres na esfera capoerística ainda se encontram vítimas de regras discriminatórias, consideradas pela comunidade como tradição. Regras essas que não as permite tocar o berimbau e, em certos momentos, não poder participar durante a roda.

A mulher africana, apesar de viver em constantes normas estritas e rigorosas entre elas, sendo as responsabilidades matriarcas, no último centenário foi a que mais fortificou a presença, e a popularização do berimbau africano na plateia continental e internacional.

Através do som melódico e hipnotizante do instrumento de uma corda só, orgulhosamente canta-se cantigas de centenas de anos atrás, transmitidas pelos seus antepassados.

Canções que contam estórias das glórias dos seus povos, sobre a felicidade, a tristeza, o amor, o ódio, a paixão, a traição, as desventuras de casamentos e cantigas infantis.

Não somente a mulher é tradicionalmente considerada a base da família, mas também compõe, canta e constrói os próprios instrumentos que toca.

Cito duas personalidades da música tradicional Bantu-Nguni e herdeiras da tradição de tocadoras de arcos musicais, como a  Princesa Zulu Constance Magogo e a Dona Madosini Mpahleni, que hoje em dia goza de noventa anos de idade.

Com esta chamada, conto com mais reconhecimento e consideração para com as mulheres, não somente na capoeira mas também no berimbau e outros instrumentos musicais.

Escrito por Aristóteles Kandimba, angolano, pesquisador, cronista, cineasta e professor de capoeira Angola.
kandimbafilms.blogspot.com

Sonzinho da semana – ILCÉI MIRIAN

Ilcéi Mirian

"Minha Identidade" é o novo álbum de Ilcéi Mirian

Um samba do tipo que não ouço há muito tempo. Bem tradicional, samba de roda. Um som gostoso que dá vontade de empurrar a cadeira e sair sambando, mesmo sendo doente do pé, como eu. rs!

Batendo palma, a gente começa a entrar no ritmo e nos envolver com o batuque, a cadência, a voz suave de Ilcéi Mirian. Lindo mesmo!

É o meu som do momento. É o que recomendo para curtir neste fim de semana, durante a semana, todos os dias. Então, vamos curtir?

Clique aqui para ouvir na Rádio UOL!

Sonzinho da semana – DIONNE BROMFIELD

Dionne Bromfield

Dionne Bromfield

Qual o diminutivo de diva? Divinha? Divazinha? Pequena diva? Nada disso! Essa palavra não possui variação nessa categoria. Quem prova isso é a cantora inglesa Dionne Bromfield, que nos impressiona com a grandiosidade de seu talento.

Ela possui voz e atitude de gente grande e sua carreira já é marcada por muitas conquistas. Amadrinhada por ninguém menos que Amy Winehouse, foi a primeira artista a assinar contrato com sua gravadora Lioness. Gravou dois álbuns (Introducing Dionne Bromfield em 2009 e Good For The Soul em 2011) e sua música de maior sucesso é Mama said.

Vamos saborear o seu som?

.

.

.

Fonte: Wikipedia.

Blogueiras Feministas

De olho na web e no mundo.

♥ ♥ ♥

[ o corredor está cheio de sonhos difíceis ]

blog da Revista Espaço Acadêmico

Revista Espaço Acadêmico, ISSN 1519-6186 – ANO XVII - Mensal - Conselho Editorial: Ana Patrícia Pires Nalesso, Ângelo Priori, Antonio Ozaí da Silva, Carlos Serra, Celuy-Roberta Hundzinski, Eliel Machado, Elisa Zwick, Eva Paulino Bueno, Henrique Rattner (in memoriam), Josimar Priori, Luiz Alberto Vianna Moniz Bandeira (in memoriam), Paulo Cunha, Raymundo de Lima, Renato Nunes Bittencourt, Roberto Barbato Jr., Rogério Cunha de Castro, Rosângela Praxedes e Walter Praxedes. Editor: Antonio Ozaí da Silva

Mamapress

Um Olhar Afro e Indígena na Europa

CENPAH

Centro Pastoral Afro Pe. Heitor

Odara

MULHER PRETA NO PODER!

Blogueiras Negras

Pela autoestima da mulher negra.

Eu Prefiro Crespo!

Blog pra quem ama ser do jeito que é.

Loc'd Life Magazine

Loc'd Life Magazine. The place for locs on the web. Loc'd Life is your guide to care and maintenance, people with locs, products, styles and nutrition to nourish your locs from within. www.locdlife.com

SPIRITO SANTO

"Cuide dos sentidos que os sons cuidarão de si mesmos'

So Shopaholic!

por Fernanda Alves

Boutique De Bandeaux

Thick Hair, Curly Hair, & Natural Hair Accessories!

sarety poulain

mulherzinha tricoteira agridoce!

BLOG DIVAS

Tudo o que a mulher acha indispensável e nem tão indispensável assim!

make YEAH!

Uma forma diferente de falar sobre beleza.

The Margin

Saying What Everyone is Thinking since 2009

Blog Vivi Reis

Opiniões sobre moda e tendências

Angolanas Naturais e Amigos

A casa da carapinha Angolana

Like a Whisper

Feminism, Critical Race Consciousness, Queer Politics, & Dr. Who Too?!?

versosvivos

minhas palavras e outros versos

WordPress.com

WordPress.com is the best place for your personal blog or business site.

%d blogueiros gostam disto: