Autoestima

O QUE É AUTOESTIMA?

Sengundo a psicologia, autoestima é um conceito subjetivo que a pessoa tem sobre si mesmo, podendo ser positivo ou negativo.

“Autoestima, seja qual for o nível, é uma experiência íntima; reside no cerne do nosso ser. É o que EU penso e sinto sobre mim mesmo, não o que o outro pensa e sente sobre mim. Quando crianças, nossa autoconfiança e nosso autorrespeito podem ser alimentados ou destruídos pelos adultos conforme tenhamos sido respeitados, amados, valorizados e encorajados a confiar em nós mesmos. Mas, em nossos primeiros anos de vida, nossas escolhas e decisões são muito importantes para o desenvolvimento futuro de nossa autoestima.” Fonte: http://pt.shvoong.com/humanities/1799365-aprofundar-mais-significado-conceito-auto/

A MULHER NEGRA E A SUA AUTOESTIMA

A baixa autoestima é muito presente na personalidade de mulheres negras que aprendem desde pequenas que suas características não fazem parte do padrão de beleza e nem são tão aceitáveis pela sociedade quanto as características de uma mulher branca. Por isso, a maioria procura modificar suas características alisando o cabelo, por exemplo. Quando entramos numa banca de revista, não encontramos modelos negras, a maioria é branca, tipo europeia. O mesmo acontece na tv e nos blogs femininos de moda e beleza. E quando uma mulher negra decide assumir sua aparência natural é alvo de críticas. Também faz parte de nossa realidade, como mulheres negras, enfrentarmos o racismo e o precoceito enraizados na nossa sociedade. Um caso que ficou conhecido na mídia foi o de uma funcionária de um colégio particular de São Paulo que foi intimidada pela diretora a alisar seu cabelo sob a alegação de ser o “padrão” da instituição. Isso é um exemplo do racismo velado existente no nosso país que quando não é admitido, tenta-se justificar com motivos descabidos. Por causa desse racismo velado, a mulher negra tem mais dificuldade, por exemplo, de encontrar emprego ou ascender profissionalmente. A grande maioria ainda trabalha em funções mais baixas e também ganha o mais baixo salário em todo o país.

Os homens negros também colaboram para a baixa autoestima da mulher negra quando têm preferência pelos padrões de beleza impostos pela sociedade. Por incrível que pareça, o parceiro negro de uma mulher negra influencia (pra não dizer “determina”) no modo como ela cuida do cabelo, optanto, muitas vezes, por deixá-los lisos e compridos recorrendo, inclusive, a alongamentos.

Acredito que a grande parte das pessoas sofre de baixa autoestima e que a psicologia ou psicanálise podem ajudar a resolver o problema, porém, no caso da mulher negra, ainda é preciso uma solução mais complexa que exige uma profunda renovação de valores, autoaceitação e coragem para nadar contra a corrente do preconceito.

Anúncios

3 Responses to Autoestima

  1. YC.Brownie says:

    Muito interessante… Eu gostei imenso do texto.

  2. Hoje parece que a situação é essa, mas certamente ja foi diferente. O arquétipo que comanda nosso imaginário pode ser este mencionado no texto, mas em outras épocas são outros. Quem fez a revolução industrial a base de pirataria é que ainda continua dando as cartas. Certamente isso muda. Para quem tais preconceitos uma dica poderá ser vejam os momentos de glória que vossos tiveram e cuja culltura muito influenciou a nossa antes de cabral.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: